dor de cabeça

Dor de cabeça constante: veja as possíveis causas

Um problema encarado como normal pelas pessoas, a dor de cabeça constante deve ser avaliada por um médico, independentemente da sua intensidade ou frequência. Geralmente, a dor é um sinal enviado pelo cérebro para indicar que algo não está funcionando corretamente.

Existem diversas causas possíveis para a dor de cabeça constante. Nesse texto, você irá encontrar as mais comuns. Então, continue a leitura.

Manifestações da dor de cabeça

A dor de cabeça pode se manifestar em diversas regiões do crânio. A dor nas laterais pode ter origem na má alimentação e na desidratação. A dor na testa tem relação com estresse ou com consumo excessivo de cafeína.

A dor no fundo dos olhos pode indicar uma sinusite ou algum problema na visão. A dor próxima a nuca pode ser causada também pelo estresse e pelo cansaço. Confira a seguir, maiores detalhes sobre algumas dessas causas.

8 possíveis causas da dor de cabeça

1. Alterações na visão

O astigmatismo, a hipermetropia, presbiopia, estrabismo, miopia e até o glaucoma são problemas de visão que, quando não tratados, podem causar dor de cabeça, principalmente em crianças.

2. Estresse

O estresse é um gatilho para diversos problemas de saúde, como por exemplo, a dor de cabeça. A cefaleia pode ser uma consequência da dificuldade para dormir, comum em pessoas estressadas.

Além disso, a associação do estresse com cansaço pode desregular o apetite e deixar a pessoa mais irritada. Se a dor de cabeça surgir acompanhada desses outros sintomas, provavelmente foram desencadeados pelo estresse.

3. Alimentação

Uma alimentação rica em cafeína, gorduras e açúcares pode ser a responsável pela dor de cabeça constante. Assim como permanecer muito tempo em jejum pode produzir o mesmo sintoma.

Isso porque a ausência de açúcares no sangue provoca a hipoglicemia. Essa condição estimula a produção de hormônios que causam a dor e contribuem para a sensação de fraqueza e tontura.

4. Doenças

Algumas doenças, principalmente, as respiratórias, podem ter como manifestação clínica a dor de cabeça constante. Se for o caso, a dor desaparece logo que a doença é tratada.

5. Bruxismo

O bruxismo é uma condição que se caracteriza pelo ato involuntário de apertar ou raspar os dentes durante a noite. Essa ação contínua pode mudar o posicionamento da articulação da mandíbula e fazer com que a dor de cabeça apareça diariamente.

6. Alterações hormonais

Durante a gravidez ou por consequência do período de tensão pré-menstrual, a mulher sofre uma grande alteração hormonal e que também pode gerar cefaleia.

7. Desidratação

A água funciona como um combustível que mantém o corpo em pleno funcionamento. Quando ela está ausente, o organismo padece e produz diversos sintomas. Entre eles está a dor de cabeça.

8. Tabagismo

O cigarro possui mais de quatro mil substâncias diferentes em sua composição, sendo todas tóxicas. Quando elas são inaladas, reduzem a quantidade de oxigênio e nutrientes no sangue, nos tecidos e no cérebro.

No longo prazo, o abastecimento deficiente de sangue no cérebro pode provocar dores intensas de cabeça. Além disso, o tabagismo causa câncer, problemas cardiovasculares, respiratórios e até a infertilidade.

Essas são as principais causas para a dor de cabeça constante. Caso sofra com esse sintoma é imprescindível que procure um médico para que haja o diagnóstico correto. Quer saber mais? Clique no banner e saiba mais sobre clínica geral e promoção geral de saúde.

Powered by Rock Convert

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp