imunidade baixa

Imunidade baixa: por que acontece e como evitar?

A gripe é um dos problemas que podem acontecer devido à imunidade baixa. Quando o sistema imunológico está fraco, todo o resto do corpo é impactado.

O que é imunidade baixa?

Imunidade é uma série de mecanismos que ocorrem no organismo humano para proteger o corpo contra agentes patogênicos, como, por exemplo, vírus, bactérias e protozoários. Trata-se de uma espécie de exército com armas preparado para enfrentar vários tipos de inimigos.

Existem dois tipos: a imunidade inata, que faz parte do ser humano desde o nascimento, composta por elementos físico-químicos (pele, mucosas, cílios), celulares (glóbulos brancos ou leucócitos) e humorais (enzimas das secreções, mucosas e sangue).

A imunidade adquirida diz respeito às manobras realizadas para o combate específico de certos patógenos. Quando, por exemplo, o indivíduo contrai dengue, seu organismo desenvolve anticorpos específicos para aquela cepa do vírus e, por isso, devido à memória imunológica, tende a não sofrer caso haja uma segunda infecção.

Imunidade baixa

Imunodeficiência é o nome dado para imunidade baixa. Ela ocorre, geralmente, em razão de uma doença crônica ou passageira. Na lista de patologias que deixam o organismo doente, estão, por exemplo, a AIDS, a depressão e os distúrbios do sono.

Hábitos de vida também contribuem para minar o organismo e deixá-lo desprotegido. Exemplos são o sedentarismo, tabagismo, dieta pobre em nutrientes, consumo exagerado de álcool, entre outros.
Os riscos desse ajuste imune são bem conhecidos e vão desde uma simples gripe a infecções que podem levar à morte. Por isso, indivíduos com AIDS precisam manter um tratamento preciso e rigoroso com antirretrovirais, pois a baixa imunológica deflagrada pelo vírus HIV é gigantesca.

Como evitar o distúrbio?

O aporte nutricional adequado, principalmente de vitamina C, é uma das formas mais eficazes de manter o sistema imunitário em plenas condições de funcionamento, pronto para lutar contra os inimigos.
Em alguns casos, a suplementação pode ser necessária, no entanto, ela deve ser conduzida por um médico ou profissional da nutrição.

Estes são alguns alimentos que contribuem para a alta da imunidade: alho, cebola, lichia, gengibre, iogurte natural, vegetais verde-escuro e frutas cítricas. Quando você era criança, sua mãe certamente pedia para você comer laranja para não ficar gripado. Era justamente pensando em sua saúde imunológica.

Cuide do intestino

O intestino é a chave para combater determinadas doenças. O motivo é claro: ele abriga 70% das células do sistema imunológico. Isso ajuda a explicar porque ficamos vulneráveis a problemas comuns, como uma gripe, quando o intestino está desajustado.

Uma dica: coma fibras, beba água regularmente e invista em probióticos, os alimentos que deixam o intestino repleto de bactérias boas e, consequentemente, evitam a baixa da imunidade.
Quer saber mais? Clique no banner!

Powered by Rock Convert

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp