pancreatite

15 sinais que você possa estar com pancreatite

A dor na região abdominal é um sintoma que não pode ser analisado isoladamente, pois pode ser provocado por diferentes tipos de doenças. Uma delas é a pancreatite que, além da dor, produz sintomas desagradáveis no paciente.

Você sabe reconhecer um quadro de pancreatite? Caso não, continue a leitura do texto. Neste artigo, você vai conhecer os principais sinais que indicam a presença dessa patologia.

O que é a pancreatite?

É a inflamação no pâncreas, uma glândula que fica atrás do estômago e tem a função de digerir as gorduras e carboidratos dos alimentos. Essa digestão é feita com uso do suco pancreático, uma substância produzida pelo corpo que serve para ajudar na sintetização.

O pâncreas também produz dois importantes hormônios, a insulina e o glucagon. O primeiro reduz as taxas de açúcar no sangue e o segundo aumenta essas taxas.

A pancreatite pode ser aguda ou crônica. A aguda ocorre subitamente, mas desaparece dentro de poucos dias. Na maioria dos casos, é causada pelos cálculos biliares. A crônica é aquela doença que surge e não vai embora. É perigosa, pois pode causar danos no órgão.

Quais são as causas da pancreatite?

Em uma pessoa saudável, as enzimas digestivas produzidas no pâncreas são transportadas até o intestino delgado, onde são ativadas para fazer a digestão. Quando essa ativação ocorre ainda no interior do pâncreas, afeta o órgão e provoca a inflamação.

Se o pâncreas não funcionar corretamente, há uma distúrbio na produção de insulina e, consequentemente, o paciente pode desenvolver um quadro de diabetes.

As causas mais comuns de pancreatite são cálculos na via biliar, alcoolismo, hipertrigliceridemia e doenças autoimunes. Além disso, existem fatores de risco que tornam uma pessoa mais predisposta ao problema. São eles:

  • Alcoolismo;
  • Tabagismo;
  • Fibrose cística;
  • Histórico familiar da doença;
  • Níveis elevados de cálcio e de triglicerídes no sangue;
  • Infecção;
  • Lesão abdominal;
  • Câncer de pâncreas.

Quais são os sinais mais comuns da inflamação?

Nem sempre essa inflamação produz sintomas. Geralmente, pessoas que a adquiriram em função do consumo excessivo de álcool sentem apenas uma dor de intensidade moderada. Em outros casos, os sintomas mais frequentes são:

  1. Dor intensa na região superior do abdômen. Essa sensação pode começar subitamente e  irradiar para as costas. Sua intensidade máxima pode ser alcançada em segundos. Com o passar do tempo, a dor permanece intensa por vários dias;
  2. Aumento na intensidade da dor ao tossir, movimentar-se rapidamente ou respirar fundo;
  3. Sensação de alívio da dor quando se senta com as costas retas ou inclina-se para frente;
  4. Náuseas e vômitos;
  5. Sudorese excessiva;
  6. Icterícia;
  7. Diarreia;
  8. Diabetes;
  9. Pulsação acelerada;
  10. Respiração rápida e ofegante;
  11. Inflamação dos pulmões, causando uma atelectasia ou um derrame pleural;
  12. Temperatura corporal pode elevar-se rapidamente e variar entre 37,7° C e 38,3° C;
  13. Hipotensão arterial;
  14. Infecção do pâncreas, caso a inflamação permaneça por mais de uma semana;
  15. Formação de um pseudocisto pancreático.

Esses são os principais sintomas que indicam um quadro de pancreatite. Na presença de dois ou mais deles, procure um gastroenterologista para ser avaliado o mais breve possível e evitar complicações.

Quer saber mais? Clique no banner.

Powered by Rock Convert

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp